Arquivos Mensais: Novembro 2012

Viver no campo? Viver na cidade?

Eis uma questão que nunca me tinha surgido. Ainda não me tinha apercebido do peso de ambos na minha balança. A verdade, é que vivi toda a minha vida na cidade. Não me lembro em momento algum, de ter estado … Continuar a ler

Publicado em Textos | Etiquetas , , , , , , , , , , | Publicar um comentário

A Sombra do Vento, de Carlos Ruiz Zafón

«Numa ocasião ouvi um cliente habitual comentar na livraria do meu pai que poucas coisas marcam tanto um leitor como o primeiro livro que realmente abre caminho até ao seu coração. Aquelas primeiras imagens, o eco dessas palavras que julgamos … Continuar a ler

Publicado em Livros | Etiquetas , , , , , | Publicar um comentário

15.

Já nem sequer me lembro da última vez que publiquei alguma coisa nesta categoria, mas a chegada do São Martinho deu-me para vir aqui. Sinceramente, nem dei pela data. Ou melhor, nem associei. Quando saí de manhã para tomar o … Continuar a ler

Publicado em Tretas | Etiquetas , , , | 2 Comentários

F.

Estava aqui a pensar nas imensas discussões que tivemos antes do derradeiro dia. Como somos absurdos. Seria provavelmente o último dia em que iríamos poder estar em contacto durante os próximos anos, e mesmo assim preferimos o orgulho. Felizmente existem … Continuar a ler

Publicado em | Etiquetas , , , , , , | Publicar um comentário

Poema Em Linha Recta, por Carlos Nobre

Um músico multifacetado com veia para a declamação de poemas. Grande Carlos Nobre!

Publicado em Poesia | Publicar um comentário

Quem já passou por essa vida e não viveu, de Vinicius de Moraes

Quem já passou por essa vida e não viveu Pode ser mais, mas sabe menos do que eu. Porque a vida só se dá pra quem se deu, Pra quem amou, pra quem chorou, pra quem sofreu. Ah, quem nunca … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Etiquetas , , , , , | Publicar um comentário

Retrato, de Cecília Meireles

Eu não tinha este rosto de hoje, assim calmo, assim triste, assim magro, nem estes olhos tão vazios, nem o lábio amargo. Eu não tinha estas mãos sem força, tão paradas e frias e mortas; Eu não tinha este coração … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Etiquetas , , , , , | 2 Comentários