Arquivo da Categoria: Poesia

Poema Em Linha Recta, por Carlos Nobre

Um músico multifacetado com veia para a declamação de poemas. Grande Carlos Nobre!

Publicado em Poesia | Publicar um comentário

Quem já passou por essa vida e não viveu, de Vinicius de Moraes

Quem já passou por essa vida e não viveu Pode ser mais, mas sabe menos do que eu. Porque a vida só se dá pra quem se deu, Pra quem amou, pra quem chorou, pra quem sofreu. Ah, quem nunca … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Etiquetas , , , , , | Publicar um comentário

Retrato, de Cecília Meireles

Eu não tinha este rosto de hoje, assim calmo, assim triste, assim magro, nem estes olhos tão vazios, nem o lábio amargo. Eu não tinha estas mãos sem força, tão paradas e frias e mortas; Eu não tinha este coração … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Etiquetas , , , , , | 2 Comentários

Amar Ou Odiar, de Fausto Guedes Teixeira

Amar ou odiar: ou tudo ou nada! O meio termo é que não pode ser. A alma tem que estar sobressaltada Para o nosso barro se sentir viver… Não é uma cruz a que não for pesada, Metade de um … Continuar a ler

Publicado em Poesia | 4 Comentários

Cegueira De Amor, de Nicolau Tolentino

E algures no meio do turbilhão de fichas que tenho dentro dos dossiês de Literatura, encontro um dos meus poemas de eleição, de Nicolau Tolentino. Fiei-me nas promessas que afectavas Nas lágrimas fingidas que vertias, Nas ternas expressões que me … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Publicar um comentário

Adeus, de Eugénio De Andrade

E quando uma música, ou até mesmo um simples poema, conseguem dizer tudo em poucas linhas? É como se tudo o que existe dentro de nós e necessita de ser expresso, de repente se tornasse livre. Para sempre. Daniela Teixeira … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Publicar um comentário

Recomeçar, de Torquato Da Luz

Vontade de partir, de largar tudo, de acordar amanhã num hotel em Veneza, de esquecer o passado, o futuro, o mundo e baralhar as cartas expostas na mesa. Vontade de zarpar, de abandonar as mínimas coisas algum dia amadas e … Continuar a ler

Publicado em Poesia | Publicar um comentário