11.

Já que da última vez que escrevi uma (treta?) me meti a divagar e acabei por fugir aos temas absurdos desta categoria que criei no blog, vou voltar a falar de coisas parvas e sem qualquer tipo de interesse que escrevo sempre aqui. Já que não ando com estado de espírito para escrever textos, escrevo disparates só para não estar parada.

Vou falar um bocadinho do meu pai. De há uns anos para cá o meu pai desenvolveu um gosto excessivo por pássaros e isso começa a assustar-me. Para além de trazer uma quantidade absurda de pássaros cá para casa, ainda decide fazer criação. Isto tudo na minha cozinha, claro. Depois a minha mãe passa-se da cabeça porque é obcecada pelas limpezas e não suporta a sujidade dos bichos. Eu passo-me da cabeça porque me deito á hora que os pássaros começam a cantar e não consigo dormir.

Tal é o gosto excessivo que agora até vai buscar ninhos de pássaros ás árvores e trá-los para casa. Como não estão ao pé da mãe, acabam por morrer e eu tenho de confrontar a morte. Ainda que seja só de alguns. Finalmente hoje percebeu que tinha de juntá-los a outros pássaros para que pudessem ser alimentados e resistir á morte. Então, toca de deixar o trabalho para vir resolver o problema dos pássaros.

Actualmente tenho 9 pássaros. Repito: 9 pássaros em casa. Encontram-se dentro de uma gaiola de caturra, para que possam caber todos. Senão a quantidade de gaiolas cá em casa não acabava.

Mudando de assunto… A viagem ao Porto que andava a planear já esteve mais longe de se realizar. Talvez a venha a fazer no mês que vem. Mas prefiro não falar muito nisso.. Com a sorte que tenho, ainda me dá azar. Se o meu pai fosse uma pessoa de muitas falas e reagisse ás coisas que desejo fazer, era tudo muito mais fácil. Já lhe disse que é bom comunicar, nem que seja para me dar um NÃO. Mas ficar calado e deixar-me na expectativa, é um bocado frustrante. Mas pronto, ele não é de muitas falas, muito menos quando está a ver o Benfica. Agora que penso nisso, não sei porque é que lhe fui falar numa ‘bomba’ durante um jogo do Benfica. Não tenho inteligência nenhuma. Por isso Ruben, quando vieres cá a casa, tens de vir de smoking. Tens de deixar a boa impressão visto que és tu que vais a conduzir. Caso contrário, diz adeus à nossa viagem ao Porto. Pronto, não precisas de vir de smoking mas pelo menos fala decentemente (:)), ok? Com sorte, ainda vamos a um concerto de Mundo Segundo !!! Ok, eu páro de sonhar. Mas ainda tenho esperança 😀

Porto, Porto… como te desejo!

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Tretas com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s