VFX

Todos nós sabemos onde nos sentimos bem, onde nos sentimos em casa. Foi precisamente o que aconteceu. Mas eu não me senti em casa, senti que regressei a casa. Explorei de novo todos os cantos com uma nostalgia enorme. Nostalgia essa por saber que outrora já teria percorrido todas as pedras daquela calçada. Sim, a minha casa tem uma calçada. Tem touros. Tem paixão. Tem tradição. Tem uma pitada de medo misturada com ansiedade. Tem sardinhas, pão e muito vinho. E tem música. Deusa essa que passou e arrasou alguns corações. Inclusive o meu. O meu coração pertencerá sempre a muitos lugares. Mas pertencerá sempre mais a uns do que a outros. Regressei a casa e tornei-me inquilina por uma noite. Vi o teu sorriso que julguei ter ficado perdido numa noite de verão longínqua. Recuperei-o e substitui-o na minha memória. Um sorriso com paixão, com amor. Estranho não foi só voltar a casa, foi voltar a casas que percorremos todos juntos e que se perderam por aí. Por essa cidade rústica que tanto me aquece, tanto me aconchega o lado esquerdo do peito.

Daniela Teixeira

Anúncios
Esta entrada foi publicada em com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

2 respostas a VFX

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s