9.

Passada a época de exames posso considerar-me em modo Férias. Ansiei tanto por férias que agora que chegaram não acredito. Parece que ainda tenho imensas responsabilidades quando na verdade já não as tenho. Os exames correram mais ou menos, mas a sede de descanso é tanta que nem consigo pensar nisso. Provavelmente irei baixar em ambos os exames. Quer dizer, no de Literatura talvez mantenha, mas no de Francês vou descer. O que é estúpido porque sempre pensei que iria acontecer precisamente o contrário. Mas vou esperar pelos resultados e para o ano lá terei de subir a média seja de que maneira for. Por agora quero esquecer tudo isto. Quero ter tempo para mim, para a minha família, para os meus amigos, para os meus livros acomolados na mesinha de cabeçeira há já dois anos por não ter tido tempo para eles, os filmes em atraso, o meu quarto que ficou em stand by, a música (que embora esteja sempre, mas sempre presente na minha vida, precisa agora que tenho tempo, de ser ainda mais explorada), entre tantas outras coisas que estão incluídas no tempo para mim.
Hoje, como seria de esperar visto já me encontrar de férias, e a minha mãe por coincidência também estar, fomos á praia com os meus primos. A Praia de Carcavelos é sempre o nosso destino, apesar de, de há alguns anos para cá se encontrar um pouco mal frequentada. E como parece que os atritos me perseguem, mesmo quando não são comigo nem com os meus, tinha de assistir ao típico fight de praia. Mesmo ao meu lado encontrava-se um grupo de jovens cujas idades rondavam os 18/19 anos. Um grupo de cerca de 10 pessoas super pacatas. De repente passam três indivíduos (uma rapariga e dois rapazes) que decidem agarrar no protector solar deste grupo de jovens e continuar a andar. Ora, roubar protector solar? Por amor de deus. Já perdi a conta das vezes que me vieram pedir protector solar emprestado na praia. Agora roubar protector solar nunca tinha visto. Mas como estamos num mundo onde reina a inovação, parece que agora o que está a dar é roubar protector solar. Ah, e nada discretamente porque a intenção é de mostrar que “eu sou mau, roubo protectores solares, e toda a gente tem de perceber isso”. Perante esta situação, um dos rapazes do grupo decide confrontar o ladrão de protectores solares. Como podem imaginar, houve fight. E como o mano a mano já não está na moda, o ladrão de protectores solares foi chamar a manada toda, ameaçando o rapaz de que lhe ía dar uma facada. Quando por fim chegaram, prestes a arranjar uma confusão enorme que envolvia cerca de 20 indivíduos, a minha mãe decide armar-se em Madre Teresa de Calcutá e vai meter-se ao barulho. Pegou na mão do amigo do ladrão de protectores solares, e disse-lhe para ele pedir aos amigos que não fizessem nada. Acontece que a minha mãe ainda não é a Megan Fox e continuaram todos a discutir. Como devem imaginar, no fim eles ficam sempre todos amigos. A polícia chegou 15 minutos depois quando os amigos do ladrão de protectores solares já tinham todos fugido após terem ouvido as sirenes.
E com isto só tenho a dizer que agora em vez de terem cuidado com os telemóveis, ipods e coisas desse género na praia, estejam atentos aos protectores solares porque agora é o que está a dar.
Boas Férias para todos e espero que, caso frequentem a Praia de Carcavelos tenham serões mais agradáveis do que aquele que hoje tive.

Ps- O ladrão de protectores solares tinha 13/14 anos.

Daniela Teixeira

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Tretas. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s